sábado, 25 de abril de 2009

Uma luz que nunca se vai apagar..


Uma coisa é não termos tudo o que queremos. Outra bem diferente é não podermos mesmo ter aquilo que queremos. É revoltante. Mas pior que isso, é a sensação de impotência que nos cerca, sem deixar saída para um "nunca se sabe". Quando sabemos que se esse "nunca se sabe" se transformasse em "talvez", seriamos muito mais felizes e realizadas(os). Porquê amar alguém que não é e nunca será a pessoa certa para mim nem para ninguém? Para quê desejar algo que nunca vou poder ter? Para quê sonhar com a liberdade e independência seguida de confiança, se nunca vai ocorrer nos tempos mais próximos?
Não sei porquê, e nem quero pensar. Só sei que esse vazio de desejos não concretizados, está para ficar..
E só me faltava perder a força que tenho tido nestes últimos meses por causa de algo que não vai mudar..
Digam-me porque é que no meio de isto tudo ainda tenho uma luzinha de esperança em mim que nunca se vai apagar?


5 comentários:

Satine disse...

este texto parece escrito para mim.. até faz confusão!!

gostei. mesmo*

kiss kiss

Peruca de Tule disse...

:)

Bom... S m puderes responder a todas essas perguntas e a mais algumas eu ficaria eternamente agradecida.

O facto de n perderes a força é meio caminho andado...

O pior é q às vezes cansamo-nos de esperar e de ter q ter todos os dias alguma força...

Para fechar, o lugar comum: "A esperança é a última a morrer". Isto pode responder à tua questão final.

BeijOoOOooOooOO e força nisso.

*PerucaMaluka* ;)

Cai de Costas disse...

Uma coisa
é não termos tudo o que queremos.
Outra, bem diferente,
é não podermos ter
aquilo que queremos mesmo.
Outra, ainda pior, será a falsa sensação
de impotência que nos cerca,
sem deixar saída para um "nunca se sabe":
porque, na verdade, nunca se sabe.

E esse "nunca se sabe",
um dia,
vai transformar-se num "talvez"
e fazer-nos muito mais felizes e realizados.
Porque amar alguém que não é
e nunca será a pessoa certa,
porque desejar algo que nunca poderemos ter,
sonhar com a liberdade e independência seguida de confiança,
é algo que vai ocorrer
- só não sabemos se nos tempos mais próximos.

Não vale a pena saberes porquê,
nem pensares nas razões:
desde que saibas que esse vazio de desejos não concretizados não está para ficar;
não percas a força que tens tido nestes últimos meses:
porque algo que vai mudar.

E é por tudo isto
que ainda tens uma luzinha de esperança
que nunca se vai apagar!

Incapaz disse...

Vou-te ser sincero.
Estava-te a ler e estava-me a ler. A minha apagou-se ontem. E apagaou-se de vez. Fui eu que a apaguei. E só tenho pena de não a ter desligado mai cedo.
Não sei o que pensas, mas olha que se tens que estar sempre com o dedo no interruptor para a luz não se apagar, digo-te que não vale a pena.

mimanora disse...

Vim aqui ter por acaso e por caus do gajo e dou de caras com um texto que me assenta que nem uma luva???
Gostei e pelo que li... infelizmente estamos em sits. =
Vou voltar:)